• Topografia aérea viajando pelo Brasil

  • 4 de nov de 2013
  • 0 comentários

Lindo projeto que está percorrendo o Brasil e que tive a felicidade de participar juntamente com outros artistas, designer, fotógrafos, arquitetos!!!

Exposição ‘Topografia aérea: uma fábula sobre poleiros e artistas’ vai percorrer quatro capitais

Belo Horizonte, Salvador, Aracaju e Goiânia recebem a exposição, que corresponde à última etapa do projeto homônimo contemplado no Rede Nacional Funarte de Artes Visuais

Publicado em 25 de outubro de 2013  (no site da FUNARTE - http://www.funarte.gov.br/artes-visuais/exposicao-%e2%80%98topografia-aerea-uma-fabula-sobre-poleiros-e-artistas%e2%80%99-vai-percorrer-quatro-capitais
Projeto ‘Topografia Aérea’ – Foto: Filipe Britto
Projeto ‘Topografia Aérea’ – Foto: Filipe Britto
 
A partir do dia 2 de novembro, a exposição Topografia aérea: uma fábula sobre poleiros e artistas começa a circular por quatro capitais brasileiras. Belo Horizonte (MG) é a primeira cidade a receber o trabalho, que corresponde à última etapa do projeto homônimo contemplado no Rede Nacional Funarte de Artes Visuais – 9ª edição.

Depois, a exposição segue para Salvador, de 11 a 14 de novembro; Aracaju, entre os dias 18 e 22; e Goiânia, de 27 de novembro a 1º de dezembro.

O projeto teve início em abril, quando os artistas, arquitetos, designers e geógrafos Ana Reis (MG/GO), Thiago Costa (SP/ MG), Maicyra Leão (SE/ BA/ Alemanha), Cristiano Piton (BA), Tiago Ribeiro (BA), Glayson Arcanjo (MG/ GO), Pedro Britto (SP/ BA), Cacá Fonseca (GO/ BA) e Renata Marquez (MG) se reuniram na Fazenda Fortaleza, no município de Cumari, Goiás.

Durante 19 dias, instaurou-se um processo criativo coletivo, a partir das seguintes ações: um atelier e uma residência, que explorou diferentes acepções de poleiro, abarcando desde o sentido da domesticidade, da casa, do íntimo, até o sentido do pouso, do descanso, do sono, entre outras investigações.
O atelier e a residência pousaram sobre as instalações da fazenda, que se encontravam num estado de indistinção entre a inoperância, o sucateamento, o arruinamento, o abandono e o envelhecimento. Como etapa conclusiva desse processo criativo, a exposição irá ocupar pontos de cultura, galerias independentes e espaços expositivos das universidades federais das cidades por onde passar. Nela estão reunidos os registros, fragmentos, objetos, protótipos, ações performativas e até um livro sobre o projeto, que será lançado na ocasião.

Programação

‘Topografia aérea: uma fábula sobre poleiros e artistas’Contemplado no Rede Nacional Funarte de Artes Visuais
Belo Horizonte (MG)
2 de novembro, às 16h – Abertura da exposição, conversa com os artistas e lançamento do livro
Local: Exa – Espaço Experimental de Arte
Rua Tomé de Souza, 815 – 2º andar -  Savassi
Visitação: até 7 de novembro, das 14h às 19h

Salvador (BA)11 de novembro, às 17h – Abertura da exposição, conversa com os artistas e lançamento do livro
Local: Saguão do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (UFBA/ EBA)
Rua Araújo Pinho, 16/202, Bairro Canela
Visitação: até 14 de novembro, das 9h às 16h

Aracaju (SE)18 de novembro, às 16h – Abertura da exposição, conversa com os artistas e lançamento do livro
Local: Centro de Cultura e Arte – Cultart – Universidade Federal do Sergipe
Av. Ivo do Prado, n° 612, Bairro São José
Visitação: até 22 de novembro, das 9h às 16h

Goiânia (GO)27 de novembro, às 18h – Abertura da exposição, conversa com os artistas e lançamento do livro
Local: Ponto de Cultura Catedral das Artes – Instituto Noé Luiz da Mota
Rua Campo Verde, 15 – Setor Santa Genoveva
Visitação: até 1º de dezembro, das 9h às 16h
Entrada franca

Mais informações
https://topografiaaerea.wordpress.com/ ou caca.fonseca@gmail.com
 

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Blog Glayson Arcanjo - Site: Santiago Régis